quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Entre o agora e o nunca (Entre o agora e o nunca #1)

Título original: The edge of never
Autor: J. A. Redmerski
Nº de páginas: 464
Preço: 18,80€
Editora: Editorial Presença
Coleção: Entre o agora e o nunca

"Camryn Bennett decide, com a impetuosidade dos seus 20 anos, abandonar um quotidiano previsível e aventurar-se numa viagem sem destino em busca de si própria. Entra num autocarro de longo curso e deixa-se ir ao sabor do momento. É então que conhece a pessoa que irá mudar para sempre a sua vida - Andrew Parrish, um jovem que vive a vida intensamente. O espírito livre e aventuroso de Andrew exerce sobre Camryn um poderoso fascínio e, pouco a pouco, vai quebrando as suas defesas, libertando-as das convenções que a impedem de viver plenamente o presente e expondo os seus desejos mais secretos. Sensual e inspirador, este romance fala-nos do amor, da paixão, do erotismo... e da coragem de vivermos até ao limite sem nos trairmos a nós próprios."

Opinião
(Quatro meses depois finalmente chega a opinião...)

O que fariam se se sentissem perdidos? Se a vossa vida, de algum modo não fizesse sentido, não tivesse um rumo? É assim que se sente Camryn Bennett, uma jovem de vinte anos que perdeu o namorado quando este morreu num acidente de carro. Desde aí, a vida de Camryn passou a ser muito confusa, ela sente sempre uma necessidade de abandonar o local onde vive e fazer uma viagem sem destino fixo.

Quando a melhor amiga discute com ela e ambas cortam relações, Camryn vê-se a entrar num autocarro sem saber muito bem para onde vai. É aí que conhece Andrew Parrish, um jovem que vai ver o pai que se encontra muito doente. Durante a viagem de autocarro os dois desenvolvem uma amizade e acabam por partilhar um pouco a sua história um com o outro. Quando chega o momento de se separarem, não são capazes, apesar de se conheceram há apenas alguns dia.

É então que ambos decidem começar uma viagem por todo o país, sempre sem destino, na base da espontaneidade. Juntos embarcam numa aventura sem limites, que irá pôr à prova os seus medos e fraquezas.

As personagens deste livro conseguem mesmo tocar-nos. Camryn e Andrew conseguem fazer com que desenvolvamos um carinho especial por eles, pela sua história e pelo passado. Conseguem fazer com que fiquemos de tal modo ligados a eles que ficamos completamente arrasados quando alguma coisa não corre bem. Dei por mim a rir com as suas tonteiras e a emocionar-me quando as coisas não corriam bem.

O espírito de aventura e coragem deles também nos marca. Quase todos nós temos a vontade de agarrar numa mochila e viajar sem destino, mas quantos de nós tem realmente a coragem de embarcar nesta aventura? Com certeza poucos, por isso é de louvar a coragem das personagens.

Um dos lugares mais carismáticos deste livro é Nova Orleães. A forma como a autora descreve a mística da cidade faz com que o leitor se deixe envolver pelo ambiente dos bares e das ruas da cidade.

Outra parte integrante deste livro é a música. Andrew toca guitarra e junto com Camryn fazem vários concertos. Algumas músicas são verdadeiros clássicos do rock, outras são mais recentes. Esta parte musical agradou-me bastante.

Tenho mesmo de ler Entre o agora e o sempre para saber como acaba esta fantástica história, e aconselho a que façam o mesmo.

Citações
"- Não, não. Nada de plano de viagem, Camryn. Metemo-nos no carro o andamos. Sem mapas, sem planos, sem..."

"Não acredito que estou a fazer isto. Não tenho medo, nem estou preocupada, nem com a sensação de que devia parar imediatamente com aquilo e ir para casa. Tudo bate certo; pela primeira vez há muito, muito tempo, sinto que a minha vida adquiriu novamente um rumo, só que numa rota completamente diferente, que não faço ideia onde me levará. Não consigo explicar... só que, bem, é como disse: bate certo."

"- Dor é dor. Só porque o problema de uma pessoa é menos traumático do que o de outra, isso não significa que não possam sofrer o mesmo."

"Acho que passei a maior parte da minha vida com medo de ser eu própria."

Excerto
Lê aqui um excerto do livro

Aqui fica uma das músicas que falam no livro e que eu gostei bastante

Sem comentários:

Enviar um comentário