segunda-feira, 14 de março de 2016

Anna e o beijo francês

Título original: Anna and the french kiss
Autor: Stephanie Perkins
Nº de páginas: 283
Preço: 14,90€
Editora: Quinta Essência

"Anna Oliphant tem grandes planos para o seu último ano em Atlanta: sair com a melhor amiga, Bridgette, e namoriscar com um colega no cinema onde trabalha. Por conseguinte, não fica muito contente quando o pai a envia para um colégio interno em Paris. As coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um rapaz deslumbrante - que tem namorada. Ele e Anna tornam-se grandes amigos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Irá Anna conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer?"




Opinião
Sabem aqueles livros que nos conseguem tocar por terem uma história tão simples e ao mesmo tempo tão espectacular? Este é um dos casos. Confesso que tinha bastante curiosidade para ler este livro, até porque se passa na cidade Paris, um dos meus destinos de sonho. Mas foi só quando o encontrei numa promoção que decidi arriscar. E não me desiludi.

Anna é uma jovem americana que vive em Atlanta. Os seus planos para o último ano no secundário eram sair com a melhor amiga Bridgette e namoriscar com o rapaz que trabalha com ela no cinema. No entanto, todos esses planos acabam forjados quando os pais a obrigam a frequentar um colégio interno americano... em Paris. Ao início Anna fica em pânico, afinal não só mudava de escola, como também de cidade e de país. Vai para França sozinha, sem conhecer ninguém e falando apenas o básico de francês.


Quando que chega ao colégio, Anna conhece Meredith, a sua vizinha de quarto que a ajuda a integrar-se. Assim, Anna conhece os amigos de Meredith, que passam também a ser os seu grupo de amigos, Josh, St. Clair e Rashmi. Assim que vê St. Clair, Anna fica logo fascinada com a sua beleza e simpatia e apaixona-se facilmente, mas as suas hipóteses com o rapaz são quase nulas, visto que ele tem namorada e também Meredith está apaixonada. No entanto, mesmo contra a vontade os sentimentos começam a crescer.


Este livro é só a coisa mais fofa de sempre. As personagens são hilariantes e conseguimos sentir verdadeira empatia por elas. Anna é engraçada, sorrimos com o seu bom humor e ficamos triste e zangados quando as coisas correm menos bem. Também St. Clair é uma personagem que vou guardar no meu coração. O seu carisma e os seus problemas fazem com que o veja com um carinho especial. 


Um dos pormenores que mais gostei deste livro foi sem dúvida o facto da história se passar em Paris. A Cidade da Luz é um palco perfeito para este livro. Todos os seus monumentos e lugares característicos embelezam a história e tornam-na perfeita aos nossos olhos.


Este livro é mais do que uma simples história sobre uma rapariga que muda de país. É uma história sobre as mudanças da vida, sobre as escolhas a fazer numa fase em que todos os dias nos deparamos com elas. É sobre a vida e a morte, e como tudo o que achamos seguro e de repente perdemos. Mas mais do que tudo é uma história sobre o amor e a amizade que recomendo a todos.


Citações
"- Bem-vinda a Paris, Anna. Fico feliz por teres vindo"

"- Bolas, St. Clair, não podes ser muito nosso amigo durante o dia e ignorar-nos todas as noites! Não podes voltar quando bem te apetece e fingir que está tudo bem."

"Trocamos olhares preocupados. Não, aterrorizados. Algo está muito errado."

"O St. Clair também não vai a casa no Dia de Ação de Graças. E todos os outros, incluindo a namorada, vão aos EUA. O que significa que nós os dois estaremos aqui durante os quatro dias de feriado. Sozinhos."

Excerto
Lê aqui um excerto deste livro

Sem comentários:

Enviar um comentário