terça-feira, 26 de abril de 2016

Esc@ndalo

Título original: Exposure
Autor: Therese Fowler
Nº de páginas: 377
Editora: Asa

"O controlador pai de Amelia Wilkes não permite que ela namore, mas isso não impede a talentosa finalista do liceu de manter um romance com o colega Anthony Winter. Desesperadamente apaixonados, os dois sonham com uma vida em conjunto e planeiam contar aos pais de Amelia apenas quando ela fizer dezoito anos e se tornar, legalmente, adulta. A mãe de Anthony, Kim, que leciona na escola que ambos frequentam, sabe - e guarda - o segredo que os une. Mas a paixão deles é exposta mais cedo do que planeavam. O pai de Amelia, Harlan, fica chocado e furioso ao encontrar fotografias de Anthony, nu, no computador da filha. Meras horas depois Anthony é preso.
Apesar dos veementes protestos de Amelia, Harlan usa a sua fortuna e influência, junto das autoridades e media locais para passar a imagem que Anthony é um predador sexual que se aproveitou da sua filha. Encabeçada por um procurador demasiado zeloso e ansioso em tornar o caso numa cruzada pública contra o fenómeno do "sexting", a investigação depressa dá uma reviravolta perturbante e alarmante.
Quando os acontecimentos começam a espiralar fora do controlo e o caso toma uma dimensão nacional, Amelia e Anthony arriscam tudo numa ousada e perigosa tentativa de limpar os seus nomes e terminar com a loucura em que tudo aquilo se tornou."

Opinião
Escrito por Therese Fowler chega às nossas mãos um "Romeu e Julieta dos nossos dias". Amelia e Anthony estão apaixonados, mas mantêm esta relação em segredo de toda a gente. Apenas a mãe do rapaz tem conhecimento disto. Mas quando o pai de Amelia descobre no seu computador fotos de Anthony nu. Sem saber que a filha namora com o rapaz e pensando que ela continua a ser a menina inocente que era, Harlan denuncia Anthony às autoridades. É então que começa uma luta contra o tempo para evitar que o caso se torne ainda mais mediático do que já se tornou e para limpar o nome dos dois jovens.

Confesso que este livro não foi de tudo o que estava à espera. A história parecia-me promissora, a frase na capa "Um Romeu e Julieta dos nossos dias" aguçou-me a curiosidade, mas a história em si não foi nada de especial. Na verdade, achei desinteressante e bastante descritiva. Existem demasiados termos acerca dos crimes que eles supostamente cometeram que tornam a história um pouco chata para quem não tem esse conhecimento na área do direito.


Em relação às personagens, tirando se calhar a amiga da Amelia, Cameron, não houve nenhuma que me tivesse agradado por aí além. Amelia é uma fraca. Quando o pai a impede de ir à escola e a tranca em casa ela não faz nada, não luta, não reclama, não se revolta. Apenas fica amuada.


O pai de Amelia, Harlan, é a personagem que menos gostei. Por amor de Deus, a filha até pode realmente ser ainda muito jovem, mas tem cabeça para pensar por si e devia pelo menos ter a oportunidade de tomar as suas próprias decisões. Se ela amava Anthony, o pai não tinha nada de se meter no meio. Estamos em pleno século XXI, e este homem queria arranjar um casamento de conveniência para a filha!
A mãe de Amelia também me desagradou. O marido tranca a filha em casa e apesar dela não concordar, não faz nada. 


O Anthony mesmo assim ainda é o personagem que se safa. Gostava que ele tivesse lutado mais para conseguir "salvar" Amelia, mas mesmo assim foi o único personagem que tentou arranjar uma solução para resolver o problema, e aquele que foi apanhado no meio desta enorme confusão.


Uma das coisas que também me desagradou, apesar de neste caso o problema não ser da autora, foi o facto de enviar imagens de nudes para alguém corresponder a tantos crimes. Ok, é algo realmente mau e horrível nalguns casos, mas Amelia e Anthony eram namorados. Eles iam ser presos porque mandaram fotos um para o outro e milhares de corruptos que roubam a sociedade continuam impunes.


Por último, acho que a principal mensagem deste livro é alertar para os perigos da Internet. Numa época em que as redes sociais andam na moda, é importante alertar para o facto que estamos todos expostos com a Internet. É preciso ter cuidado com aquilo que colocamos no Facebook, ou outra rede qualquer, e para quem mandamos imagens nossas, pois tudo o que colocamos na Internet pode ser visto por alguém com intenções menos boas.


Excerto
Podes ler aqui um excerto deste livro
3*

Sem comentários:

Enviar um comentário