quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Top 10 - Livros que gostava de receber no Natal

Como sabem, todos os anos aqui A Terra dos Livros costuma fazer um top 10 dos livros que mais gostaria de receber no Natal. Este ano não é exceção, e portanto aqui fica a minha lista. Alguns livros mantém-se do ano passado, enquanto que outros são novos. Gostava imenso de encontrar algum deles no meu sapatinho este Natal, embora fique feliz se encontrar um livro, seja ele qual for.

10 - A 5ª vaga

9 - Dividida

8 - 20 danças

7 - Fangirl

6 - Corações sagrados

5 - Quando tu eras meu

4 - Peripécias do coração

3 - Cinder

2 - Viver depois de ti

1 - O tempo entre nós

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Nova aquisição - Amor cruel



Tate é enfermeira e muda-se para São Francisco, para casa do irmão Corbin, para estudar e trabalhar. Miles é piloto-aviador e mora no mesmo prédio de Corbin. Depois de se conhecerem de forma atribulada, Tate e Miles acabam por se aproximar e dar início a uma relação exclusivamente física. Para que esta relação exista, Miles impõe a Tate duas regras:
«Não faças perguntas sobre o meu passado. Não esperes um futuro.»
Tate aceita o desafio de manter uma relação distante, sem nenhum compromisso, nem sequer o da amizade. A relação alimenta-se assim da atração mútua entre os dois.
Miles nunca fala de si nem do seu passado, e comporta-se perante Tate de acordo com as regras que ele definiu. Será Miles capaz de desvendar o que se esconde por detrás desta necessidade tão grande de se distanciar emocionalmente dos outros?
E poderá algo tão cruel transformar-se numa relação bonita e duradoura?

Balanço literário (Novembro)


Aquele balanço 20 dias atrasado....

Olá pessoas!!! Como já sabem, até porque estamos a dia 20, um novo mês começou! E ainda por cima o mês do Natal. Que saudades que eu tinha desta época festiva, de passear pelas livrarias e pensar nos livrinhos que gostaria de receber...
Ora bem, no que toca a leituras no mês que passou, acabei Fala-me de um dia perfeito. Gostei bastante, e ainda bem, porque estava com imensas expectativas e ainda bem que não desiludiu. Entretanto, comecei a ler Ensaio sobre a cegueira. Este livro de José Saramago já estava na minha lista há algum tempo, mas finalmente tive a oportunidade de o ler. É uma leitura bem diferente do que estou habituada e até agora não consigo ter uma opinião concreta sobre o assunto. Acho que esta leitura vai ser daquelas em que vou precisar de uns dias para a digerir depois de terminar o livro, antes de ter uma opinião concreta.
No que toca a novas aquisições, aproveitei a Black Friday para comprar Amor cruel. Mas um livro que andava debaixo de olho há bastante tempo e que finalmente está na minha estante. Fiquei muito contente, até porque estava a um preço bastante acessível.
Neste mês do Natal, espero conseguir acabar de ler Ensaio sobre a cegueira e mais um livrito. Acho que vai ser difícil, vou passar umas férias bastante atarefadas e sei que este ano já posso esquecer o Reading Challenge do Goodreads.

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

A rapariga no comboio

Título original: Girl on a train
Autor: Paula Hawkins
Nº de páginas:
Editora: Topseller

"Todos os dias, Rachel apanha o comboio... No caminho para o trabalho, ela observa sempre as mesmas casas durante a sua viagem. Numa das casas ela observa sempre o mesmo casal, ao qual ela atribui nomes e vidas imaginárias. Aos olhos de Rachel, o casal tem uma vida perfeita, quase igual à que ela perdeu recentemente.
Até que um dia...
Rachel assiste a algo errado com o casal... É uma imagem rápida, mas suficiente para a deixar perturbada.
Não querendo guardar segredo do que viu, Rachel fala com a polícia. A partir daqui, ela torna.se parte integrante de uma sucessão vertiginosa de acontecimentos, afetando as vidas de todos os envolvidos."

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Balanço literário (Outubro)


Mais um mês que acabou, e mais um balanço literário aqui no blog.
Este mês foi pobre em número de leituras, embora tenham sido de qualidade. Em primeiro lugar, acabei de ler o primeiro livro da saga Divergente. É uma leitura que já andava a adiar há bastante tempo porque tinha visto o filme e como não tinha achado grande piada tive algumas dúvidas em relação ao livro. Surpreendeu-me pela positiva já que estava com poucas expetativas por causa do filme. 
Também comecei a ler Fala-me de um dia perfeito, leitura que estava na wishlist há algum tempo e que só agora adicionei à minha estante. Foi um livro surpreendente e agradável que fala de temas importante e que deviam ser debatidos mais vezes.
No que toca a nova aquisições, foi mesmo só Fala-me de um dia perfeito
Já nas opiniões, não houve nada durante este mês. Já expliquei os motivos no balanço do mês passados, mas prometo que vou tentar andar mais presente este mês, até porque agora estou um pouco mais livre no que toca à universidade. Não vai ser durante muito tempo, mas vou tentar aproveitar o tempo.
Este mês pretendo acabar de ler Fala-me de um dia perfeito e tenho duas leituras que posso começar: Insurgente, segundo livro da saga de Veronica Roth, ou Ensaio sobre a cegueira de José Saramago.

Favorito do mês

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Nova aquisição - Fala-me de um dia perfeito


Violet Markey vive para o futuro e conta os dias que faltam para acabar a escola e poder fugir da cidade onde mora e da dor que a consome pela morte da irmã. Theodore Finch é o rapaz estranho da escola, obcecado com a própria morte, em sofrimento com uma depressão profunda. Uma lição de vida comovente sobre uma rapariga que aprende a viver graças a um rapaz que quer morrer. Uma história de amor redentora.

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Frase #12


"I am no longer the left behind. I am the living. And I want everything this life has to offer. I stop for a second and look around at all the shops and stores and stalls. At all the people, going about their days, at all the moments they're living. This is what I want. I want to live every moment. I want to feel everything" - Quando aqui estavas

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Balanço literário (Setembro)


Em primeiro lugar, como já devem ter reparado, este balanço literário vem um pouco (muito) atrasado. Devo confessar que com o segundo ano da faculdade tem sido um difícil conciliar o blog, e tenho-me desleixado um pouco por estas bandas. Quero ver se consigo estar mais presente para continuar a fazer as opiniões de livros, que tanto gosto de fazer.
Relativamente ao mês de Setembro não há muito a dizer. No que toca a leituras, li Ainda bem que estás aqui em dois dias, mas demorei o resto do mês a ler Divergente. O primeiro foi uma leitura pequena e leve, daí ter sido tão rápido, no que toca ao segundo, o facto da história não me impressionar por aí além e a falta de tempo contribuiu para uma leitura mais demorada.
Não houve livrinhos novos na estante este mês, com muita pena minha. Já nas opiniões, apenas fiz Lago perdido, o que significa que ainda tenho muitas atrasadas. Até prometia fazer isso em Outubro, mas o mês já vai a meio e o tempo não é muito.
No que toca às leituras que me proponho fazer este mês, vou continuar a saga Divergente. Ainda me faltam dois livros, e pode ser que me surpreendam.

Favorito do mês

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Frase #11


"Because maybe it's in the stories that the people we love are still alive" - Quando aqui estavas

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Frase #10


"To come to peace with the moving on. It is a gift, in a way. We spend so much of our time fighting death, as we should. But sometimes the greatest gift we can give ourselves, and in turn the ones we love, is to know when to let go. To know when it is time - and to be at peace with that" - Quando aqui estavas

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Frase #9


"Because this is what I believe - that second chances are stronger than secrets. You can let secrets go. But a second chance? You don't let that pass you by" - Quando aqui estavas

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Frase #8


"If it's over, then don't let the past screw up the rest of your life" - Uma promessa para toda a vida

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Lago Perdido

Título original: Lost Lake
Autor: Sarah Addison Allen
Nº de páginas: 275
Editora: Quinta Essência

"Suley, Georgia, é o lugar da estância de Lago Perdido e não muito mais. E é por isso o lugar perfeito para a recém-viúva Kate e a sua excêntrica filha de oito anos, Devin, se curarem. Kate passou um memorável verão de infância em Lago Perdido, teve o seu primeiro quase beijo aí e conheceu um rapaz chamado Wes. Era um lugar para sonhar. Mas Kate já não acredita nos sonhos, e a sua tia Eby, proprietária de Lago Perdido, quer vender o lugar e seguir em frente. A magia do local desapareceu. Quando Kate descobre que o tempo tem uma maneira de parar em Lago Perdido, irá ela ser capaz de dar vida às cabanas e ao seu coração? Porque às vezes as coisas que amamos têm uma forma engraçada de aparecerem de novo. E às vezes nem sequer sabemos que estavam perdidas... até serem encontradas."

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Balanço literário (Julho e Agosto)


Não sei já deram conta, mas esqueci-me de fazer o balanço do mês de Julho... E por esse motivo, decidi juntar esse balanço com o do mês passado.
No que toca ao mês de Julho, li Anexos de Rainbow Rowell. Foi uma leitura que me surpreendeu bastante, mas espero esclarecer melhor quando fizer a opinião. Também li Sou o número Quatro, primeiro volume da saga O Legado de Lorien. Por fim, comecei a ler Entre o agora e o sempre, continuação de Entre o agora e o nunca.
Já em relação ao mês de Agosto, foi um bocadinho mais fraco em leituras. Apenas acabei de ler Estre o agora e o sempre e li Uma espia no meu passado
Relativamente a novas aquisições, comprei Entre o agora e o sempre no início do mês de Julho. Como me emprestaram agora muitos livros para ler, não tenho sentido a necessidade de comprar.
Nas opiniões, consegui fazer toda a trilogia O amor atravessa todos os tempos e ainda fiz uma opinião especial sobre toda a série. Conto com o mês de Setembro para conseguir finalmente pôr tudo em ordem (está difícil).
Para este mês de Setembro que está prestes a começar, quero ler Ainda bem que estás aqui e, visto que se trata de um livro relativamente pequeno, também quero começar a ler a saga Divergente. Há imenso tempo que ando para ler os livros, mas o facto de ter visto o primeiro filme e não me ter fascinado muito não tem ajudado, para além de ter apanhado um enorme spoiler sobre o final. Vou tentar dar uma oportunidade a estes livros, uma vez que existe tanta gente que adora esta história. Espero que Setembro traga leituras boas, neste mês do regresso às aulas e às rotinas.

Favorito do mês de Julho

Favorito do mês de Agosto
(foi difícil escolher o do mês de Agosto, porque gostei igualmente dos dois)

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

sábado, 20 de agosto de 2016

As merecidas férias


Peço imensas desculpas por andar desaparecida, mas estive fora do país durante mais de uma semana e cheguei há relativamente pouco tempo, daí não ter estado tão presente aqui no blog ultimamente. Prometo voltar em breve com novidades e mais opiniões.

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Frase #7


"Pensávamos que podíamos fugir do mundo. Viver aquela aventura louca e viajar sem destino. Pensávamos que podíamos escapar ao tempo. E de certa forma foi isso que conseguimos." - Primeiro Amor, James Patterson

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Esmeralda (O amor atravessa todos os tempos #3)

Título original: Smaragdgrun
Autor: Kerstin Gier
Nº de páginas: 384
Editora: Montena
Coleção: O amor atravessa todos os tempos

"Gideon está em perigo e a sua única esperança é Gwen... apesar dela não confiar nele.
Gwen não sabia que era a última viajante no tempo, nem que tinha que viajar para o passado para fechar o Círculo dos Doze (que, aliás, é tão secreto que nem o entende), nem que teria de enfrentar inimigos dispostos a acabar com a sua vida. Preferia ficar com a sua vida normal: escola, amigas e algum rapaz de vez em quando. No entanto, quando conheceu o seu companheiro de viagens, o encantador Gideon de Villier, tudo ficou muito mais interessante... e surgiu o amor!
Mas agora Gwen está destroçada. Acaba de descobrir que todas as atenções do rapaz eram só um estratagema para distrair o perigoso Conde de Saint Germain e cumprir a missão. Mas a jogada não correu bem e agora tem um novo inimigo: um infiltrado na casa dos de Villier disposto a acabar com os viajantes no tempo.
Que deverá fazer Gwen? Ajudar Gideon e lutarem juntos para fechar o Círculo? Ou esquecer tudo e voltar à sua vida do século XXI?"

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Safira (O amor atravessa todos os tempos #2)

Título original: Saphirblau
Autor: Kerstin Gier
Nº de páginas: 289
Editora: Contraponto
Coleção: O amor atravessa todos os tempos

"Será que descobrir o verdadeiro amor é mais complicado do que viajar no tempo?
Gwen sente-se confusa... Gideon, o seu companheiro de viagens no tempo, está a dar com ela em doida: primeiro beija-a apaixonadamente e depois ignora-a. Mas ninguém disse que o amor nas viagens era fácil! Felizmente, Gwen tem Leslie, a sua melhor amiga; James, o fantasma; e Xemerius, uma gárgula muito irreverente, para a ajudarem com os altos e baixos amorosos... e também para a ensinarem a comportar-se como uma verdadeira dama do século XVIII.
Desde que Gwen se tornou a última viajante no tempo, os seus objetivos passaram a ser: ir a uma soirée no ano de 1782, salvar o mundo e, mais do que tudo não dar nas vistas. Desta forma, por agora só tem de aprender a dançar o minueto (o que não é nada fácil), enquanto decide o que sente pelo rapaz dos seus sonhos (o que também não é nada fácil).

sexta-feira, 8 de julho de 2016

Frase #6

"The stars we see aren't even real stars. We see the light that they gave off millions of years ago but that is only now reaching our eyes. We don't see a star as much as a memory" - Primeiro Amor, James Patterson

quinta-feira, 7 de julho de 2016

Rubi (O amor atravessa todos os tempos #1)

Título original: Rubinrot
Autor: Kerstin Gier
Nº de páginas: 269
Editora: Contraponto
Coleção: O amor atravessa todos os tempos

"O que fazer quando alguém se dá conta de que subitamente está no passado - num passado longínquo, não de décadas, mas de séculos?
Bem, em primeiro lugar há que manter a calma - é o que Gwendolyn pensa. E vai-lhe ser necessária muita calma, quando descobre ter herdado da família um invulgar gene que lhe permite viajar no tempo.
Com o arrogante (mas muito giro!) Gideon como companheiro de viagem, daqui em diante as surpresas não param. Por ser a mais jovem portadora do gene, Gwendolyn é escolhido para uma missão muito importante: viajar por várias épocas para impedir alguns erros e, basicamente, pôr o passado em ordem!
Entre alguns acidentes de percurso e algumas discussões, esta dupla tão desigual envolve-se em aventuras de toda a espécie... e ao longo de todos os tempos. Pouco a pouco, vão descobrindo que seja em que século for os opostos sempre se hão-de atrair, e que o passado já não é o que era..."

Balanço literário (Junho)

Vamos ignorar o facto deste balanço só ser publicado no dia 7, em vez de no início do mês

Mais um mês que chegou ao fim e, logo, mais um balanço literário. Este mês ficou marcado por mais duas leituras: A escolha do coração e Romance com o Duque. Já estavam na estante à algum tempo, mas só agora é que consegui pegar-lhes finalmente. O primeiro desiludiu-me um pouco, mas o segundo compensou. Foi uma leitura leve e descontraída, ideal para acompanhar a minha época de exames. Também comecei a ler Anexos de Rainbow Rowell. Estou a gostar da leitura, embora me pareça ser um pouco lenta.
No que toca a opiniões consegui fazer Uma escolha por amor. Ainda me faltam imensos livros, mas como há estou de férias (finalmente), espero conseguir dedicar-me um pouco mais ao blog agora.
No que toca a novas aquisições, neste mês não acrescentei nada à minha estante. De qualquer das maneiras no mês de Maio comprei dois livros, portanto acho que compensou para este mês.
Neste mês de Julho planeio acabar de ler Anexos. Relativamente às próximas leituras, não sei ainda bem o que vou ler.

Este balanço foi um pouco mais pequeno que o normal, mas o meu mês foi passando em exames, portanto não foi muito interessante...

Favorito do mês

quarta-feira, 6 de julho de 2016

Nova aquisição - Entre o agora e o sempre


"Entre o Agora e o Sempre é a muito aguardada sequela de Entre o Agora e o Nunca, o romance que nos apresentou Camryn Bennett e Andrew Parrish, dois jovens em busca do lado mais ousado da vida, que se conhecem e apaixonam durante uma viagem de autocarro. Agora, alguns meses depois desse primeiro encontro, estão noivos e esperam, entusiasmados, a chegada do primeiro filho. Mas, quando nada o fazia prever, a tragédia bate-lhes à porta. J. A. Redmerski deixa-nos de novo rendidos ao fascínio desta intensa história de amor e dos seus protagonistas, pela coragem que têm em se manter fiéis a si próprios, vivendo plenamente o presente, com um espírito livre e profundamente apaixonados pela vida."

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Frase #5


"The greatest thing in the world is to know how to belong to someone else" - Primeiro Amor, James Patterson

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Uma escolha por amor

Título original: The choice
Autor: Nicholas Sparks
Nº de páginas: 251
Editora: Editorial Presença

"A vida parece quase perfeita a Travis Parker, um veterenário de uma pequena cidade costeira da Carolina do Norte que a sorte presenteou com uma profissão gratificante, bons amigos e uma casa com jardim à beira mar. Os dias sucedem-se a um ritmo aprazível, pautado por passeios de barco e barbecue com os amigos de sempre. Nada fazia prever que alguém pudesse vir desinstalá-lo do seu quotidiano confortável, mas o destino consegue ser imprevisível, e um dia Travis conhece a sua nova vizinha, Gabby Holland. O primeiro encontro não podia ser menos auspicioso, mas o amor move-se pelos caminhos mais improváveis, e a paixão entre os dois torna-se inevitável. No entanto, para Travis, este romance reserva uma escolha difícil, talvez a mais difícil que um homem apaixonado pode ter de fazer... afinal, até onde podemos ir em nome do verdadeiro amor? Nicholas Sparks continua a ser o contador de histórias mais acarinhado pelo público norte-americano e um dos autores de ficção mais vendidos em todo o mundo. Uma escolha por amor faz-nos compreender, uma vez mais, porquê."

Frase #4


"I watched the way our finger intertwined. What are hands made for but this? For holding. For holding on" - Primeiro Amor, James Patterson

sexta-feira, 10 de junho de 2016

Frases #3


"Because I can tell that I'm different from the others. And they can tell, too. The rest of the taps look at me and ask themselves what I'm doing here. I know they do" - Sociedade secreta de raparigas, Diana Peterfreund

terça-feira, 7 de junho de 2016

Frase #2


"Sometimes you just have to act on your own. Sometimes you just have to do what you know inside to be right" - Claridade, Alyson Noel

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Breathe, Pink Floyd


Respira, respira o ar.
Não receies preocupar-te.
Deixa-te ir, mas não partas, olha ao redor e escolhe o teu caminho.
Tudo o que viveres e tudo o que conquistares,
os sorrisos que ofereceres e as lágrimas que derramares,
tudo o que tocares e tudo o que olhares
ficará para sempre na tua vida.

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Balanço literário (Maio)


Mais um mês que passou a correr. E mais um balanço literário, desta vez com algumas novidades.
Neste mês consegui finalmente acabar de ler Eu sou Malala, a autobiografia da rapariga mais nova de sempre a ganhar o Prémio Nobel da Paz. Apesar de não estar à espera de muitos progressos na leitura, a verdade é que consegui ler Crónicas de paixões e caprichos e ainda começar A escolha do coração. Em relação ao livro de Julia Quinn, a verdade é que foi uma aquisição não planeada, mas como já estava de olho neste livro há algum tempo foi muito bem-vindo. Não era minha intenção começar a lê-lo logo, até porque tinha outros em lista de espera na estante, mas a verdade é que assim que tive este menino nas mãos não consegui resistir e não me arrependi. Relativamente a A escolha do coração ainda estou muito no início, portanto ainda não consigo ter uma opinião muito concreta do livro.
No que toca às opiniões, consegui fazer a de Quando a neve cai, o livro que contém um conto de Natal do John Green. Para quem quiser saber a minha opinião fica aqui o link. Ainda tenho muitas opiniões em atraso, mas estou com esperança deste mês conseguir adiantar um pouco mais de trabalho.
Nas aquisições, a verdade é que, como já referi mais atrás, não estar à espera de comprar nada. Queria ter aproveitado uma promoção da Wook, mas deixei o prazo passar (como sempre). No entanto, a minha estante tem dois meninos novos. Crónicas de paixões e caprichos de Julia Quinn e Anexos de Rainbow Rowell. Este último foi uma aquisição da feira do livro da terrinha. Tenho feito sempre boas aquisições nesta feira, mesmo quando não conhecia os livros portanto as expectativas para Anexos estão em alta. Já li que este livro não é dos melhores da Rainbow mas como ainda não li nada dela não tenho nenhuma base para comparar.
Para quem ainda não reparou, comecei aqui no blog uma nova rubrica que consiste em partilhar convosco aquelas frases de livros que me inspiraram. Em princípio vou tentar fazer com que saia em todas as sextas feiras, portanto fiquem atentos pois esta semana teremos uma nova frase.
Para Junho não tenho nada planeado em termos de leituras, vai depender do meu mood. 

domingo, 29 de maio de 2016

Nova aquisição - Anexos

Beth e Jennifer sabem que alguém está a monitorizar os seus e-mails de trabalho (toda a gente na redação sabe, é política da empresa). Mas, mesmo assim, não conseguem levar os avisos a sério. Insistem em enviar uma à outra e-mails hilariantes e intermináveis, em que discutem tudo sobre as suas vidas privadas. Lincoln O’Neill não acredita no seu novo trabalho - ler os e-mails de outras pessoas. Quando se candidatou para "supervisor de segurança na Internet" imaginava-se a combater a pirataria ou a construir firewalls - e não a escrever relatórios entediantes sempre que um jornalista envia uma piada porca.
Um dia Lincoln depara-se com a correspondência de Beth e Jennifer e, apesar de saber que não a deveria ler, é incapaz de resistir às histórias cativantes. Quando finalmente se apercebe de que está perdidamente apaixonado por Beth, já é tarde demais para se apresentar. Como conseguiria ele sequer explicar?

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Frases #1


"Somewhere in the crowd was at least one potencial friend who'd understand the fundamental value of goofing off. Because if not, how boring would that be?" - Claridade

PS- nova rúbrica que consiste em partilhar frases de livros que gostei :)

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Quando a neve cai

Título original: Let it snow
Autor: John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle
Nº de páginas: 317
Preço: 16.81€
Editora: Topseller

"Numa cidade isolada por uma das maiores tempestades de neve dos últimos cinquenta anos, três histórias, oito raparigas e rapazes e mais uns quantos caminhos vão cruzar-se num romance brilhante, mágico e divertido, a que não faltarão fragmentos de amor, laços de amizade, uma maratona de filmes do James Bond e beijos muito apaixonados."

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Nova aquisição - Crónica de paixões e caprichos


As mães casamenteiras da alta sociedade londrina estão ao rubro: Simon Bassett, o atraente (e solteiro!) duque de Hastings, está de volta a Inglaterra. O jovem aristocrata mal sabe o que o espera pois a perseguição das enérgicas senhoras é implacável. Mas Simon não pretende abdicar da sua liberdade tão cedo… 
Igualmente atormentada pela pressão social, a adorável Daphne Bridgerton sonha ainda com um casamento de amor, embora a sua espera por um príncipe encantado comece já a ser alvo de mexericos. Juntos, os jovens decidem fingir um noivado, o que garantirá paz e sossego a Simon e fará de Daphne a mais cobiçada jovem da temporada.
Mas, entre salões de baile e passeios ao luar, a paixão entre ambos rapidamente deixa de ser ficção para se tornar bem real. E embora Daphne comece a pensar em alterar ligeiramente os seus planos iniciais, Simon debate-se com um segredo que pode ser fatal…

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Balanço literário (Abril)


Confesso que me esqueci completamente de que já estávamos em Maio e que me tinha esquecido de fazer este balanço literário, por isso peço desculpas pelo atraso.
Relativamente às leituras, Abril foi um mês complicado por isso não consegui cumprir o objetivo de ler a biografia de Malala Yousafzai e ler mais um livrinho. Li apenas Eu sou Malala e só o acabei agora em Maio.
Nas opiniões consegui fazer a de Esc@ndalo e estava à espera de conseguir fazer mais alguma, mas talvez só o consiga este mês. De qualquer das maneiras, a partir de Junho prometo (e desta vez tenciono cumprir) acabar todas, mas mesmo todas, as opiniões em atraso. 
Também ainda não foi este mês que consegui juntar à minha estante mais um livrinho. Tenho andado a tentar conter-me de comprar livros, uma vez que ainda tenho a minha estante cheia e não tenho lido muito ultimamente.
Para este mês de Maio ainda não tenho bem a certeza qual será o meu próximo livro, mas estava a pensar em Uma escolha do coração.

Favorito do mês