segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Nova aquisição - A rapariga no comboio



Todos os dias, Rachel apanha o comboio... No caminho para o trabalho, ela observa sempre as mesmas casas durante a sua viagem. Numa das casas ela observa sempre o mesmo casal, ao qual ela atribui nomes e vidas imaginárias. Aos olhos de Rachel, o casal tem uma vida perfeita, quase igual à que ela perdeu recentemente.
Até que um dia... 
Rachel assiste a algo errado com o casal... É uma imagem rápida, mas suficiente para a deixar perturbada. 
Não querendo guardar segredo do que viu, Rachel fala com a polícia. A partir daqui, ela torna-se parte integrante de uma sucessão vertiginosa de acontecimentos, afetando as vidas de todos os envolvidos.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Top 10 - Livros que gostaria de receber no Natal

Ora como não podia deixar de ser, uma vez que nos encontramos na época natalícia, trago-vos hoje o meu Top 10 de livros que gostaria de encontrar no meu sapatinho na manhã de Natal. Alguns destes livros já faziam parte da minha Wishlist do ano anterior, uma vez que os livros que me ofereceram e aqueles que eu comprei ao longo do ano não estavam na dita lista. Vamos ver se este ano vou encontrar o meu sapatinho com algum destes livros (para ser sincera, já ficava feliz se recebe algum livro, quer fizesse parte da lista quer não :P )

10 - À procura de Alaska

9 - Eu, o Earl e a tal miúda

8 - Fangirl

7 - Cress

6 - Scarlet

5 - Cinder

4 - Rainha

3 - Dividida

2 - Entre o agora e o sempre

1 - O tempo entre nós

domingo, 13 de dezembro de 2015

Happy Xmas (War is over), John Lennon


Então é Natal
E o que fizeste?
Outro ano acaba
E um novo começa
E então é Natal
Espero que te divirtas
Com as pessoas mais próximas e queridas
Os idosos e os jovens

Um Natal muito feliz
E um feliz ano novo
Vamos esperar que seja um bom ano
Sem qualquer medo

E então é Natal
Para os fracos e fortes
Para os ricos e pobres
O mundo está tão mal
E então é Natal
Para os negros e brancos
Para amarelos e vermelhos
Vamos parar todos os conflitos

Um Natal muito feliz
E um feliz ano novo
Vamos esperar que seja um bom ano
Sem qualquer medo

E então é Natal
E o que fizemos?
Outro ano acaba
E um novo começa
E então é Natal
Esperamos que te divirtas
Com as pessoas mais próximas e queridas
Os idosos e os jovens

Um Natal muito feliz
E um feliz ano novo
Vamos esperar que seja um bom ano
Sem qualquer medo

A guerra acaba, se quisermos
A guerra acaba, agora


quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Nova aquisição - A escolha do coração


Os recém-casados Holly e Tom acabaram de se mudar para uma casa na pitoresca Inglaterra rural. Quando Holly descobre um relógio lunar num jardim cheio de ervas, e o seu estranho mecanismo de cristal, está longe de suspeitar que ele vai mudar a sua vida para sempre. Pois o relógio lunar tem uma maldição. A cada lua cheia, Holly consegue ver o futuro - um futuro quem contém Tom a embalar a filha bebé de ambos, Libby, e a chorar a morte de Holly no parto... Holly percebe que o relógio lunar está a oferecer-lhe uma escolha desesperada: dar a Tom o bebé que ele sempre quis e sacrificar a sua própria vida; ou salvar-se e apagar a vida da filha por quem se apaixonou.

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Top 5 - Melhores livros de 2015

Dezembro já chegou e com ele o Natal e o fim do ano. 2015 está prestes a queimar os últimos cartuchos e A Terra dos Livros decidiu fazer um Top 5 dos melhores livros lidos durante este ano. 2015 foi rico em leituras, algumas delas que eu ansiava há muito tempo. Também foi um ano cheio de surpresas literárias. Tive a oportunidade de agarrar em livros que não conhecia ou que não estavam nas minhas prioridades para ler no momento e que acabaram por conseguir conquistar um lugarzinho no meu coração. Aqui fica o meu Top 5, que também serve para vos inspirar nas compras de Natal, uma vez que recomendo qualquer um dos livros para oferecer àqueles de quem mais gostam.

5 - Anna e o beijo francês


4 - A rapariga que roubava livros


3 - Entre o agora e o nunca


2 - A culpa é das estrelas


1 - Julieta

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Balanço literário (Novembro)


Então já estamos em Dezembro e com ele vem o frio, o Natal, as férias e etc. E eu vim fazer o balanço literário do mês passado, apesar de não ser muito boa ideia, porque acho que ninguém precisa de saber a desgraça que foi...
Eu tinha planeado acabar de ler Esc@ndalo de Therese Fowler e começar a ler Quando a neve cai. Pois, nem uma coisa nem outra. Ainda não consegui acabar de ler Esc@ndalo, mas já estou mesmo no fim. Nem acredito que estou há dois meses para ler o mesmo livro, isto nem parece meu. A verdade é que a história não me está a cativar muito, o que faz com que eu não tenha aquela sensação de querer saber o que acontece e que me leva a agarrar no livro e a ler "tudo de enfiada". Acho que se fosse um livro que me estivesse a cativar mais, provavelmente já o teria acabado. O tempo livre também não é muito, e quando o tenho aproveito para fazer outras coisas e a leitura tem andado um pouco posta de parte.
Também o blog tem sido um bocado negligenciado. Prometi no último balanço literário que iria fazer as opiniões de Entre o agora e o nunca e A cada dia, e novamente nem uma coisa nem outra. Lado positivo? Como ainda não acabei de ler Esc@ndalo não tenho mais opiniões atrasadas. Continuo com as mesmas três do mês passado :P
Bem, este mês proponho-me a acabar de ler de vez Esc@ndalo e a ler, quem sabe, Quando a neve cai. Normalmente as férias costumam ser uma boa época para mim em termos de leituras, mas como vou passá-las a estudar para os exames de final de semestre não vale ser ambiciosa e não me vou propor a ler mais do que isto. E muito provavelmente já estou a ser ambiciosa só com estes dois livros. 
Quanto às opiniões mantenho o mesmo objetivo de acabar as que falei mais acima. Se conseguir também gostava de fazer Anna e o beijo francês, mas não vou ser muito ambiciosa, porque quanto maior é a subida, maior é a queda, por isso não vale a pena exagerar e propor-me a fazer algo que não vou conseguir.
Por último, gostava apenas de acrescentar que não deixem de passar aqui pelo blog porque estamos na época do Natal e por isso vamos ter algumas surpresas relacionadas com esta quadra, tal como tivemos o ano passado. 

domingo, 15 de novembro de 2015

Imagine, John Lennon


Imagina que não há paraíso
É fácil se tentares
Não há inferno debaixo de nós
Acima, só o céu

Imagina todas as pessoas
A viver o presente

Imagina que não havia países
Não é difícil de fazer
Nenhum motivo para matar ou morrer
E não havia religiões também

Imagina todas as pessoas
A viver em paz

Podes dizer que eu só um sonhador
Mas eu não sou o único
Espero que um dia te juntes a nós
E um mundo será um só

Imagina que que não há posses
Pergunto-me se consegues
Sem ganância ou fome
Uma irmandade de homens

Imagina todas as pesssoas
A partilhar o mundo

Podes dizer que eu só um sonhador
Mas eu não sou o único
Espero que um dia te juntes a nós
E um mundo será um só


segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Crónicas de uma leitora #3

1ª paixão literária

A minha primeira paixão literária foi uma série para crianças que se chamava A magia do arco-íris. A série teve mais do que 20 livros e eu tive quase todos. Acabei por desistir de a ler quando o lançamento dos novos livros demoraram muito tempo a chegar a Portugal e eu comecei a ler outras coisas. Entretanto fui crescendo e perdi o interesse neste livros, mas ainda guardo na memória os bons momentos que me fizeram passar.

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Balanço literário (Outubro)


Decidi começar esta nova rubrica para vos deixar mais a par das minhas leituras durante cada mês. Ora vamos ao balanço de Outubro.
Este mês foi fraquinho em leituras. Acabei de ler Anna e o beijo francês logo nos primeiros dias, e visto que consegui acabar este livro em duas semanas, estava à espera de conseguir fazer uma leitura mais rápida do próximo livro. A verdade é que a minha vida sofreu algumas mudanças nos últimos tempos. Entrei para a faculdade e ainda me estou a habituar ao novo ritmo, por isso tem sido difícil ler. Também as opiniões no blog tem andado muito atrasadas, falta-me três livros, se não estou em erro.
Comecei a ler Esc@ndalo de Therese Fowler no início de Outubro, mas ainda vou só a meio...
Para Novembro não vou ser muito ambiciosa. Vou tentar acabar de ler Esc@ndalo e vou começar a ler o Quando a neve cai. Tinha esta leitura programada mais para a altura do Natal, mas tendo em conta o meu ritmo de leitura ultimamente, parece-me que vou ter de o começar a ler agora se quiser acabar antes do Natal.
Vou tentar também atualizar as opiniões. Quero fazer pelo menos a do Entre agora e o nunca e A cada dia. Já li estes livros em Agosto e ainda não consegui fazer as opiniões, se deixo atrasar mais já não consigo fazer uma opinião concreta porque já não me vou lembrar da maior parte dos pormenores.
E pronto, estes são os meus planos para o mês de Novembro. Vamos ver se vou ter capacidade de os cumprir ou se vou atrasar para Dezembro. Espero que não...

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

A culpa é das estrelas

Título original: The fault in our star
Autor: John Green
Nº de páginas: 253
Preço: 15,90€
Editora: Asa

"Apesar do milagre da medicina que fez diminuir o tumor que a atacara há alguns anos, Hazel nunca tinha conhecido outra situação que não a de doente terminal, sendo o capítulo final da sua vida parte integrante do seu diagnóstico. Mas com a chegada repentina ao Grupo de Apoio dos Miúdos com Cancro de uma atraente reviravolta de seu nome Augustus Waters, a história de Hazel vê-se agora prestes a ser completamente reescrita.
Perspicaz, arrojado, irreverente e cru, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e comovente que o premiado autor John Green nos apresentou até hoje, explorando de maneira brilhante a aventura divertida, empolgante e trágica que é estar-se vivo e apaixonado."

domingo, 4 de outubro de 2015

Crónicas de uma leitora #2


O ano de 2015 foi o primeiro ano em que participei no Reading Challenge do Goodreads. É com grande orgulho que anuncio que consegui completar o desafio três meses antes do fim! Três meses! É um marco importante que vou guardar para sempre na minha vida de leitora. Para o ano vai haver mais um, com certeza com um objetivo superior daquele que me propus este ano. Tem sido um ano de leituras espetaculares e consegui reunir uns quantos livros que de certeza me vão ficar na memória pelos melhores motivos. Agora é não deixar quebrar o ritmo, continuar a ler e a escrever neste blog, pelo qual tenho tanto carinho.

Ai Margarida, Álvaro de Campos


Ai, Margarida,
Se eu te desse a minha vida,
Que farias tu com ela?
— Tirava os brincos do prego,
Casava c'um homem cego
E ia morar para a Estrela.

Mas, Margarida,
Se eu te desse a minha vida,
Que diria tua mãe?
— (Ela conhece-me a fundo.)
Que há muito parvo no mundo,
E que eras parvo também.

E, Margarida,
Se eu te desse a minha vida
No sentido de morrer?
— Eu iria ao teu enterro,
Mas achava que era um erro
Querer amar sem viver.

Mas, Margarida,
Se este dar-te a minha vida
Não fosse senão poesia?
— Então, filho, nada feito.
Fica tudo sem efeito.
Nesta casa não se fia.

sábado, 26 de setembro de 2015

Mariana; Alfred, Lord Tennyson


Todo o dia dentro da irreal mansão,
As portas nos seus gonzos rangiam;
No vidro da janela zunia o zangão;
Os ratos na bafienta cave ganiam,
E pelas frestas das tábuas espreitavam.
Velhos rostos espiavam nos desvãos,
De velhos passos em cima vinham sons,
E velhas vozes de fora a chamavam.

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Laços que perduram

Título original: The guardian
Autor: Nicholas Sparks
Nº de páginas: 441
Preço: 16,90€
Editora: Asa

"Com apenas vinte e cinco anos, Julie Barenson tem já uma mágoa maior do que a vida: o seu querido marido, Jim, morreu.
Em plena noite de Natal, dilacerada pela perda, ela recebe os dois inesperados presentes que ele lhe deixou. É o típico ato de amor de Jim: não a esquecer nem por um segundo. É assim que Singer, um cachorrinho amoroso e assustado, entra na sua vida. A acompanhá-lo vem um bilhete e uma promessa: Jim velará sempre por ela.
Quatro anos depois, Julie está preparada para começar de novo e Richard Franklin parece ser o homem ideal. Mas no seu íntimo, ela sente que algo está errado e termina a relação. A seu lado, incondicionalmente, está Mike Harris, o bondoso melhor amigo de Jim, o homem que a apoiou nos melhores e nos piores momentos. Ao longo dos anos, os sentimentos entre ambos floresceram e parece ter finalmente chegado o momento de viverem plenamente a sua paixão.
Mas quando a vida parecia sorrir-lhe de novo, Julie tem de enfrentar o pior dos pesadelos - sobreviver à perseguição de um louco."

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Casamento em Veneza

Título original: Meet me in Venice
Autor: Elizabeth Adler
Nº de páginas: 324
Preço: 7,50€
Editora: Quinta Essência

"Apesar de viver na cidade mais romântica do mundo, Precious Rafferty nunca se apaixonou perdidamente. Até que conhece Bennett James. Estará na altura de se deixar, finalmente, arrebatar pelo romantismo e ter o casamento dos seus sonhos em Veneza? Do outro lado do mundo, em Xangai, Lily Song, prima de Precious, guarda um valioso e perigoso segredo de família. Quando Lily suplica a Preshy que se encontrem em Veneza e a alerta para os perigos que corre, a vida de ambas vai mudar para sempre. Entretanto, em Paris, Precious conhece o escritor Sam Knight, um homem cativante, mas desencantado com a vida. Precious sente Sam cada vez mais próximo de si e receia que ele esteja também enredado nesta emaranhada teia de perigo e desejo. Será que Sam também não é quem aparenta ser? Esconderá algum segredo terrível? Em Veneza, Precious terá de serpentear através de um labirinto de traição e sedução para descobrir a quem poderá confiar, de uma vez por todas, o seu coração... e a sua vida."

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Em nome da memória

Título original: My name is Memory
Autor: Ann Brashares
Nº de páginas: 348
Preço: 8,90€
Editora: Quinta Essência

"Daniel passou vários séculos a apaixonar-se pela mesma rapariga. Vida após vida, atravessando continentes e dinastias, ele e Sophia (apesar de ela mudar de nome e forma) têm sido atraídos um para o outro, e ele lembra-se de tudo. Daniel tem «a memória», a capacidade de recordar vidas passadas e reconhecer as almas daqueles com quem viveu anteriormente. É um dom e uma maldição. Por todas as vezes que ele e Sophia estiveram juntos ao longo da história, também foram afastados dolorosamente, fatalmente. Um amor sempre demasiado curto.
Intercalados na atual relação de Sophia e Daniel há vislumbres da sua longa história juntos. Da Ásia Menor em 552 à Inglaterra de 1918 e à Virgínia de 1972, as duas almas partilham um longo e, por vezes, tortuoso caminho de busca contínua uma pela outra. Mas quando a jovem Sophia (agora «Lucy» no presente) começa finalmente a despertar para o segredo do seu passado em comum, a compreender a verdadeira razão da intensidade da sua atração, a força misteriosa que sempre os afastou reaparece. Em última análise, têm de compreender o que se atravessa no caminho do seu amor para poderem passar a vida juntos."

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Crónicas de uma leitora #1


Quando era pequena, antes de saber ler e escrever, havia alguém que tinha sempre de me ler um livro para eu comer às refeições.  Depois quando fiquei "mais crescida" ganhei uma espécie de aversão à leitura, não lia nada e fica super desiludida quando me ofereciam livros nos anos ou no Natal. Os meus pais andavam sempre a chatear-me para eu ler livros, na altura aqueles livros de crianças com poucas páginas e muitos desenhos, mas eu recusava-me sempre. Até que num Natal me ofereceram uns livros da Floribella, que na altura estava muito na moda. Os livros eram constituídos por duas histórias diferentes com as personagens da novela. Uma das histórias chamava-se "A descoberta da Carlota" e falava de como esta personagem não gostava de ler, mas quando é obrigada a ler um livro para a escola descobre as maravilhas da leitura. Não sei o que se passou, mas a partir daí a minha aversão pelos livros começou a diminuir e eu comecei a considerar a leitura uma atividade muito mais interessante do que achava até àquele momento.

Ps - Eu já queria ter começado a rubrica há mais tempo, mas este post simplesmente sumiu-se do arquivo do blog e eu não estava com grande vontade de voltar a escrevê-lo...

domingo, 23 de agosto de 2015

Parceria - Maze Runner: A cura mortal (Maze runner #3)

http://eutunerdices.blogspot.pt/2015/08/livro-maze-runner-cura-mortal.html

Thomas atravessou o Labirinto; sobreviveu à Terra Queimada. A CRUEL roubou-lhe a vida, as memórias, e até mesmo os amigos. Mas agora as Experiências acabaram, e a CRUEL planeia devolver as memórias aos sobreviventes e completar assim a cura para o Fulgor. Só que Thomas recuperou ao longo do tempo muito mais memórias do que os membros da CRUEL julgam, o suficiente para saber que não pode confiar numa única palavra do que dizem. Conseguirá ele sobreviver à cura?

(carrega na imagem para veres a opinião no blog parceiro)

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

A música, sim a música; Álvaro de Campos


A música, sim a música...
Piano banal do outro andar.
A música em todo o caso, a música..
Aquilo que vem buscar o choro imanenre
De toda a criatura humana
Aquilo que vem torturar a calma
Com o desejo duma calma melhor...
A música... Um piano lá em cima
Com alguém que o toca mal.
Mas é música...

Ah quantas infâncias tive!
Quantas boas mágoas?,
A música...
Quantas mais boas mágoas!
Sempre a música...
O pobre piano tocado por quem não sabe tocar.
Mas apesar de tudo é música.

Ah, lá conseguiu uma música seguida —
Uma melodia racional —
Racional, meu Deus!
Como se alguma coisa fosse racional!
Que novas paisagens de um piano mal tocado?
A música!... A música...!

Nova aquisição - Lago perdido


A primeira vez que Eby Pim viu Lago Perdido foi num postal. Apenas uma fotografia antiga e algumas palavras num pequeno quadrado de papel pesado, mas quando o viu soube que estava a olhar para o seu futuro.
Isso foi há metade de uma vida. Agora Lago Perdido está prestes a deslizar para o passado de Eby. O seu marido George faleceu há muito tempo. A maior parte da sua exigente família desapareceu. Tudo o que resta é uma velha estância de cabanas outrora encantadoras à beira do lago a sucumbirem ao calor e à humidade do Sul da Georgia, e um grupo de inadaptados fiéis atraídos para Lago Perdido ano após ano pelos seus próprios sonhos e desejos.
É bastante, mas não o suficiente para impedir Eby de abrir mão de Lago Perdido e vendê-lo a um empreiteiro. Este é por isso o seu último verão no lago… até que uma última oportunidade de reencontrar a família lhe bate à porta.

domingo, 9 de agosto de 2015

Vou ali e já venho


Ora, como já devem ter dado conta, eu ando um bocadinho desaparecida aqui no blog. Em minha defesa, estou de férias no Algarve e como tal não tenho tido a oportunidade de agarrar no computador e começar a escrever as opiniões que tenho em falta. Vai ser difícil atualizar tudo durante o Verão por isso é provável que só consiga escrever as opiniões que me falta lá para o final de Agosto, principio de Setembro. No entanto, prometo tentar atualizar as rubricas e começar as crónicas de uma leitora. Deixo-vos agora com um balanço das opiniões que podem ver no blog brevemente e as minhas leituras de praia:

OPINIÕES EM ATRASO:
1 -Em nome da memória
2 - Casamento em Veneza
3 - Laços que perduram


LEITURAS DE PRAIA:
1 - A culpa é das estrelas
2 - Entre o agora e o nunca
3 - A cada dia

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Beastly

Título original: Beastly
Autor: Alex Flinn
Nº de páginas: 324
Editora: Caracter Entertainment

"Sou um monstro.
Um animal. Não sou bem um lobo num um urso, nem um gorila nem um cão. Sou uma nova criatura horrível, que caminha na posição vertical - uma criatura com presas e garras e pêlo a brotar de todos os poros. Eu sou um monstro.
Acham que estou a falar de contos de fadas? Nem pensar. O local é a cidade de Nova Iorque. O tempo é o de hoje. Não é uma deformidade nem se trata de uma doença. E vou ficar assim para sempre - arruinado - a não ser que consiga quebrar o feitiço.
Isso mesmo, o feitiço aquele que a bruxa da minha aula de inglês lançou sobre mim. Porque é que me transformou num animal que se esconde durante o dia e vagueia pela noite? Eu digo-vos.
Vou contar-vos como costumava ser Kyle Kingsbury, o tipo que toda a gente gostava de ser, com dinheiro, de aspeto perfeito, a vida perfeita. E depois, vou contar-vos como me tornei perfeitamente - monstruoso."

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Nova rubrica - crónicas de uma leitora

No outro dia, pus-me a pensar em todas as histórias que tenho acerca de livros. E descobri que até tenho muitas. Desde uma compra mais engraçada, até uma leitura que me deixou impressionada, passando por outras. E decidi criar uma rúbrica para vos contar essas pequenas histórias que vão definindo a minha vida de leitora. Ainda não sei quando vou começar, mas vou tentar ser o mais breve possível :)

Ps - eu sei que tenho opiniões atrasadas, mas tenho estado com uma ressaca de leitura e de opiniões incrivel. Jã não me acontecia há muito tempo. Prometo que para a semana atualizo tudo :)

sábado, 11 de julho de 2015

Na costa, E. J. Pratt

Regressa a casa! O ano fez-te envelhecer;
Deixa essas pedras cinzentas; embrulha-te neste xaile
Pois a noite está fria;
Regressa a casa! Ele não ouvirá a tua voz;

Nenhum sinal aguarda por ti aqui, a não ser o ritmo
Das ondas sobre a praia,
A sombra esguia do penhasco e os pés das gaivotas
Impressos na areia,
E mastros e algas dispersos
Sob uma lua pálida.

Regressa a casa! Ele não ouvirá a tua voz;
Só os ventos noturnos respondem enquanto amainam
Ao longo da costa,
E para sempre
Só as conchas
Sobre as rochas cinzentas cantam
E os sinos de espuma branca
Do Mar do Norte soam.

quinta-feira, 9 de julho de 2015

I know that everyone gets scared


Estou deitada na cama do meu quarto. Mas consigo ouvir o som da tua voz abafada pelas portas fechadas. Falas do futuro.
Ultimamente não há outro tema de conversa que não seja esse. Mas parece que tentas esconde-lo de mim. Falas do futuro baixinho, porque me conheces. Ou talvez não.
Se me conhecesses, sabias que não me importo com o que aí vem. A minha frase de vida é "o ontem é história, o amanhã é um mistério, mas hoje é uma dádiva, por isso é que se chama presente". 
Posso parecer parva ao falar assim, quantas pessoas da minha idade não pensam a longo prazo nas suas vidas? Eu também penso a longo prazo. Eu também tenho sonhos que quero ver realizados, lugares que quero visitar, coisas que quero experimentar. Mas não defino a minha vida com base nesse futuro, algo ainda tão longinquo.
Se tenho medo desse futuro? Uma vez disseram-me que se os meus sonhos não me assustavam era porque não eram grandes o suficiente. Por isso sim, o futuro assusta-me. Porque nele estão contidos os meus sonhos. Mas não me assusta o futuro em si. Assusta-me a possibilidade de não ter tempo ou força suficientes para cumprir esses sonhos.
Tento não pensar nisso. Tento viver a vida, um dia de cada vez, passo por passo, conquista por conquista.
Porque eu também quero conquistas. Mas as que realmente me importam são aquelas conquistas diárias, aquelas que quando o mundo acabar para mim já ninguém se vai lembrar.
Por isso, carpe diem para todos e principalmente para ti.

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Só te amo até terça-feira

Autor: Rosa Luna
Nº de páginas: 197
Preço: 13,90€
Editora: Livros d'Hoje

"Mariana nasceu sete minutos depois de Rosa Maria. A sua vida estava destinada a ser pequena e esquecida, com um namorado sem dinheiro que ainda vivia com a mãe. Num finca-pé pouco habitual, conseguiu tirar um curso administrativo, um de inglês e outro de francês e começou a trabalhar numa grande empresa. Era a Mariana ao fundo da sala, competente mas sem história. Tudo se transforma com a chegada do filho do patrão, Diogo Vargas, um homem estonteante, bem vestido, perfumado, com um sorriso irresistível. Ainda não tinham trocado uma palavra e Mariana já imaginara o casamento, os filhos, o sexo extraordinário. Nada seria possível sem uma autêntica revolução. Esta chega pelas mãos de duas amigas - um par de lésbicas bem dispostas e atrevidas - que obrigam Mariana a mudar o visual. Radicalmente. O patinho feio torna-se um cisne com cabelo assimétrico, roupa de outlet e sapatos com cunha. Depois? Diogo repara na Mariana ao fundo da sala e vão jantar. Nada corre como seria de esperar. Ou será que Mariana conseguirá atingir o seu sonho? Uma coisa é certa: o amor não escolhe nem tempo nem lugar."

quinta-feira, 25 de junho de 2015

A minha ideia


Tenho tido umas ideias para dinamizar o blog. Vou criar uma espécie de rubrica onde vou publicar alguns textos soltos, tipo desabafos ou mini histórias. Também tenho pensado em publicar textos de outras pessoas, como poemas ou assim. Também queria publicar textos de leitores do blog. Podiam mandar para o meu mail textos que gostariam de ver aqui publicados. Claro que os direitos de autor desses textos seriam da vossa inteira responsabilidade. Caso não queiram ver os vossos nomes divulgados eu punha a dizer que o autor era anónimo.
O mail do blog é mywords81012@gmail.com

Segredos de Paris

Título original: Secrets of Paris
Autor: Luanne Rice
Nº de páginas: 344
Preço: 15,50€
Editora: Quinta Essência

"Lydie McBride sempre viveu a vida ao máximo. Mas quando uma tragédia impensável atinge a sua família tudo aquilo em que acredita se estilhaça. Michael, o seu marido aquiteto, vê a paixão desaparecer dos olhos de Lydie e do seu casamento, e espera que uma temporada de trabalho em Paris os ajude a regenerar o amor que noutros tempos parecera inatacável. Mas a Cidade das Luzes contém segredos e seduções para ambos. Enquanto Michael se dedica ao seu projeto de design no Louvre - e cai na esfera de ação de uma francesa misteriosa, sedutora -, Lydie encontra inspiração para o seu trabalho como designer de ambientes e enceta uma amizade com duas mulheres muitíssimo diferentes que a irão tornar capaz de encontrar uma nova vida. Haverá lugar para o homem com que sempre quis partilhar essa vida... se conseguir encontrá-lo?"

terça-feira, 23 de junho de 2015

Estou de volta, meus amores


Os exames acabaram, isso significa... mais tempo para pôr em dia as opiniões aqui no blog!!! Neste momento tenho três em atraso (Segredos de Paris, Só te amo até terça-feira e Beastly). Com as férias também vou ter mais tempo para ler e tenho tido umas ideias para dinamizar um pouco mais o blog. Depois dou mais novidades :)

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Nova aquisição - Entre o agora e o nunca


"Camryn Bennett decide, com a impetuosidade dos seus 20 anos, abandonar um quotidiano previsível e aventurar-se numa viagem sem destino em busca de si própria. Entra num autocarro de longo curso e deixa-se ir ao sabor do momento. É então que conhece a pessoa que irá mudar para sempre a sua vida - Andrew Parish, um jovem que vive a vida intensamente. O espírito livre e aventuroso de Andrew exerce sobre Camryn um poderoso fascínio e, pouco a pouco, vai quebrando as suas defesas, libertando-a das convenções que a impedem de viver plenamente o presente e expondo os seus desejos mais secretos. Sensual e inspirador, este romance fala-nos do amor, da paixão, do erotismo... e da coragem de vivermos até ao limite sem nos trairmos a nós próprios."

Decidi fazer uma pausa no estudo para vos apresentar a minha mais recente (de há um mês) aquisição

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Vou andar desaparecida, mas prometo voltar...

Como sabem, a época dos exames começou hoje. Aqui a minha pessoa, que anda no 12º ano, vai fazer exame a português, matemática e biologia e geologia (decidi propor-me a exame para melhorar a nota, mas está visto que não foi de todo uma ideia muito inteligente). Por esse motivo vou andar um pouco desaparecida. 
Tendo em conta que tenho em atraso as opiniões de Segredos de Paris e Só te amo até terça-feira, é de esperar que só as consiga acabar (ou melhor, começar) depois do dia 23, que é o último dia de exame.
No entanto, estou impressionada comigo mesma. Como é que eu na altura dos exames consegui acumular mais opiniões em atraso do que o normal? É que como tenho de estudar, tecnicamente devia ter menos tempo para ler e consequentemente menos opiniões, mas não eu consigo fazer exactamente o contrário!!! Enfim, há que esperar pelo dia 23 para me dedicar finalmente à leitura e ao blog...

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Recomendações literárias #3 (Especial Dia da Criança)

Para comemorar o Dia da Criança, decidi trazer-vos alguns livros que de uma forma ou de outra acabaram por marcar a minha infância.

(aquele livro que marcou a minha infância de tal maneira que ainda hoje me lembro do início...)

(a Luísa Ducla Soares era a minha escritora favorita quando era criança)

(li basicamente toda uma coleção destes livros e devo dizer que dei a ganhar muito a esta escritora, hahaha)


E vocês? Alguns destes livros também marcaram a vossa infância?